Mulheres na AACD: Roseli Siciliano Gonçalves 

 Em Sem categoria

“É difícil ser mulher, mãe, dona de casa, cuidar do marido, fazer comida…” Mesmo assim, Roseli, de 63 anos, não para de se desafiar. Há 10 anos na Unidade AACD Mogi das Cruzes, ela se desdobra em duas, três, várias jornadas para dar conta de tudo. E dá. 

 

Mesmo assim, acredita que poder contar com o apoio de algum familiar para a divisão de tarefas e, principalmente, o cuidado com os filhos, é um diferencial e tanto. Roseli perdeu sua mãe muito cedo, e a maternidade lhe fez sentir ainda mais falta de apoio. Por outro lado, lembra o quanto seu marido ocupou um espaço colaborativo ao dividir tarefas de casa e estar presente ativamente na vida de suas filhas. “Você tem que arrumar filhos para escola, almoçar, cursos… Fazer milagre.”

 

Outra coisa que está presente no dia a dia da Roseli é o fato de estar no mercado de trabalho aos 63 anos. Aos 16, ela já trabalhava, manteve um cargo público por 21 anos e, então, se aposentou. Mesmo assim, não parou de trabalhar, e é aí que a AACD passa a fazer parte de sua vida. “Eu ficava em casa ansiosa”, diz.

 

Sua rotina de trabalho é uma “mistura muito legal”, na qual tem contato, diariamente, com pessoas mais jovens, o que possibilita uma troca proveitosa. Enquanto a nova geração tem domínio da tecnologia, Roseli tem vivência e experiência de mercado, ou seja, uma coisa complementa a outra e o resultado é uma equipe conectada e sábia.

 

Além disso, poder acompanhar e estimular os pacientes e ver sua evolução de perto é um trabalho gratificante – não à toa, essa relação já existe há 10 anos, né?! 

 

“Tem que ser muito forte e ter equilíbrio, para levar uma família toda e ter uma boa meta de vida. A luta de dar um bom futuro para todos, estudar, trabalhar e conquistar nossas coisas.” Enquanto reflete, Roseli finaliza com um conselho para as mulheres que estão iniciando sua carreira na AACD: sejam perseverantes. “A luta da AACD é muito bonita e não tem idade para começar algo novo e passar conhecimento e aprender algo com alguém.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

vinte + seis =

Volatr ao topo