AACD celebra 70 anos como referência em ortopedia e reabilitação no Brasil

 Em

AACD celebra 70 anos como referência em ortopedia e reabilitação no Brasil

Nos últimos 10 anos, Instituição realizou 10,5 milhões de atendimentos a pessoas com deficiências físicas e necessidades ortopédicas de diversas partes do País

São Paulo, 03 de agosto de 2020 – A AACD celebra nesta segunda-feira, 3 de agosto, 70 anos de existência. Nessa longa trajetória, a Instituição realizou grandes feitos e impactou positivamente a vida de pessoas de todas as idades. Fundada em 1950, quando o Brasil vivia um surto de poliomielite, a AACD evoluiu para se tornar um centro ortopédico de referência, e hoje conta com uma infraestrutura que presta atendimento completo e de excelência em ortopedia e reabilitação para pacientes com deficiências físicas e necessidades ortopédicas – composta por um hospital ortopédico, nove unidades de reabilitação e cinco oficinas para fabricação de produtos ortopédicos.

Chama a atenção na história da AACD a evolução dos protocolos clínicos, que hoje permitem que a Instituição atenda diversas patologias, dentre elas: paralisia cerebral, lesão encefálica, amputação, doença neuromuscular, lesão medular, mielomeningocele, má-formação congênita, poliomielite, parkinson e ELA. Quando o paciente ingressa na AACD, conta com uma avaliação completa de uma equipe multidisciplinar que define todo seu prognóstico e os objetivos do tratamento. Durante e após o atendimento, passa por avaliações médicas periódicas.

Pessoas sem deficiência física, mas com as mais diversas necessidades ortopédicas, também podem ser atendidas na AACD – é possível fazer cirurgias no hospital e realizar todo processo de reabilitação nas próprias instalações da AACD na unidade Ibirapuera da Instituição, em São Paulo. O hospital ortopédico da AACD realizou somente em 2019 mais de 7.500 procedimentos cirúrgicos, sendo grande referência em cirurgias de coluna, como a escoliose.

Essa excelência levou a Instituição a conquistar duas importantes certificações nos últimos anos. Em 2018, recebeu a acreditação Internacional Qmentum, que orienta e monitora padrões de alta performance em atendimento e equipara o hospital ortopédico e o centro de reabilitação da AACD aos melhores complexos hospitalares do Brasil e do mundo, como referência na área de saúde. Já em 2019, recebeu a acreditação internacional Planetree, que posiciona a Instituição como referência em atendimento humanizado, com cuidado centrado na pessoa.

Com investimento em infraestrutura e hotelaria, a AACD registrou avanços importantes focados na qualidade, segurança e conforto dos pacientes e dos seus profissionais. Nos últimos três anos, foram realizadas reformas na internação do hospital ortopédico, ambulatório e centro cirúrgico. Já no centro de reabilitação da unidade Ibirapuera, toda a ambientação dos espaços destinados às terapias e recepções foi repaginada.

Além disso, a AACD realizou uma atualização do parque tecnológico do hospital e do centro de reabilitação na unidade Ibirapuera, se posicionando cada vez mais como referência na área ortopédica. Hoje, a Instituição está preparada para atender desde pequenas incapacidades até casos de grande complexidade.

Abrangência

Foram 10,5 milhões de atendimentos realizados pela AACD na última década, a maior parte deles via SUS, ou seja, sem nenhum custo direto aos pacientes. Além disso, somente em 2019, o hospital ortopédico realizou mais de 7.500 cirurgias e as oficinas entregaram mais de 61 mil produtos ortopédicos.

Para manter essa infraestrutura e seguir beneficiando milhares de pacientes todos os anos, a AACD precisa do apoio da sociedade, pois o repasse feito pelo poder público para os atendimentos não cobre todos os custos. Por isso, a Instituição necessita do engajamento de pessoas e empresas na causa da pessoa com deficiência física.

Com crise advinda da pandemia da Covid-19, que desde março teve impacto direto no orçamento da Instituição, 2020 se tornou um ano desafiador. A necessidade de captação de recursos saltou de R$ 80 milhões para R$ 130 milhões. Por isso, mais do que nunca, a AACD entende que esse pode ser o momento ideal para que o Brasil efetivamente desperte para uma cultura de doações recorrentes.

Nesse momento difícil para o país e o mundo, a Instituição vem seguindo todas as orientações do Ministério da Saúde e de outras secretarias estaduais e municipais para manter seus pacientes, profissionais e voluntários em segurança. Mesmo no momento de distanciamento social, utiliza alternativas para continuar prestando assistência a quem precisa por meio da telemedicina e disponibilizando orientações em suas redes sociais, além de entregas e reparos de produtos ortopédicos nas residências dos pacientes. Com a retomada dos atendimentos presenciais, foram estabelecidos protocolos de segurança que incluem o uso obrigatório de máscaras, maior distanciamento entre pacientes e tempo para higienização entre os atendimentos.

Vida é movimento

É o lema que move a AACD e no que acreditava Dr. Renato da Costa Bonfim, médico especialista em ortopedia. Foi do desejo de realizar mudanças e trazer melhorias para as pessoas com deficiência física que surgiu a AACD, em agosto de 1950. Com o apoio de voluntários, Dr. Renato trouxe para o Brasil um novo modelo de assistência em ortopedia e reabilitação de qualidade, focado no tratamento e na inclusão social de crianças e adolescentes com deficiência física.

Desde então, a trajetória da Instituição tem sido de evolução:

1950 | Primeira sede da AACD na Rua Barão de Piracicaba, para tratar vítimas dos efeitos da poliomielite;

1957 | Realização da primeira campanha de arrecadação de fundas, a Parada do lírio, com passeatas pela cidade de São Paulo que contou com o apoio de voluntários;

1962 | Inauguração da primeira Oficina Ortopédica. A Oficina da AACD já capacitou técnicos de mais de 50 países com cursos em três idiomas e tornou-se referência no Brasil e no exterior;

1963 | Inauguração do novo centro de reabilitação na unidade Ibirapuera e início da primeira classe para crianças com deficiência física, que incentivou a inclusão escolar de alunos PCD;

1972 | Inauguração da unidade Mooca, com o objetivo de expandir o atendimento e assistência à PCDs em mais regiões da cidade de São Paulo;

1978 | A AACD foi sede do 1º Seminário Nacional sobre legislação para pessoas com deficiência física no Brasil, que contribuiu com as propostas apresentadas à Constituição de 1988;

1980 | Visita do Dr. Alberta Sabin à AACD, médico e pesquisador responsável pela criação da vacina da poliomielite e que teve participação essencial para a erradicação da doença no Brasil e no mundo;

1993 | Inauguração do Hospital Ortopédico, com 60 leitos, na sede do Ibirapuera, criado com o objetivo de realizar cirurgias ortopédicas necessárias para a reabilitação dos pacientes;

1998 | Vai ao ar a primeira edição do Teleton, realizada com o apoio de diversas emissoras que formaram a rede solidária, com a liderança do SBT;

1999-2014 | Ampliação do trabalho de assistência da AACD para todas as regiões do país, com Inaugurações de Unidades em Recife, Porto Alegre, Uberlândia, Osasco, Nova Iguaçu, Joinville, São José do Rio Preto, Santana, Campo Grande, Poços de Caldas, Mogi das Cruzes e Campina Grande (respectivamente), além da incorporação do Lar Escola São Francisco à Instituição;

2018 | Conquista da Acreditação Internacional QMENTUM, certificação que estabelece padrões de excelência em qualidade e segurança no atendimento ao paciente;

2019 | Conquista da certificação internacional Planetree, que orienta o cuidado centrado na pessoa com foco em atendimento humanizado.

Sobre a AACD

Fundada em 1950, a AACD possui uma infraestrutura completa dedicada à reabilitação e habilitação de pessoas com deficiências físicas e necessidades ortopédicas – composta por um hospital ortopédico, nove unidades de reabilitação e cinco oficinas para fabricação de produtos ortopédicos. Em 2019, realizou mais de 880 mil atendimentos especializados para pacientes de todas as idades, via SUS, particular e convênios, entregou 61 mil produtos ortopédicos e fez cerca de 7.500 cirurgias ortopédicas. Conta ainda com a área de Ensino e Pesquisa, que dissemina os conhecimentos adquiridos ao longo de sua história aos profissionais de todo o País, e com a AACD Esporte, que contribui, por meio da prática esportiva, para a inclusão da pessoa com deficiência. Acesse: aacd.org.br

Mais Informações:
CDI Comunicação
Giovanna Nichi – giovanna@cdicom.com.br | (11) 3817-7943
William Maia – william.maia@cdicom.com.br | (11) 3817-7968
Everton Vasconcelos – everton@cdicom.com.br | (11) 3817-7947

Volatr ao topo