Doe Agora

Campanha da AACD comove mantenedores

Uma importante ferramenta de captação de recursos teve um resultado diferenciado na AACD. Comum no dia a dia das instituições, uma das malas diretas enviadas aos doadores regulares recebeu uma carinhosa resposta.

Ao receber o documento enviado pelos Correios, que continha a história da paciente Malu, os filhos da mantenedora Adriana Rodrigues, enviaram um desenho com palavras de superação à pequena atendida pela AACD, diagnosticada com Artrogripose, doença rara que causa rigidez nas articulações.

Frases como “Oi, espero que você se recupere logo” e “Fique bem” compunham o colorido desenho, que mostrava Malu forte e feliz.

Conheça a história de Malu:

Ser mãe sempre foi o sonho de Cassandra. Ela fez cinco fertilizações In Vitro e perdeu dois bebês, até ser presenteada com a Malu. Mas a conquista trouxe também uma preocupação. No sexto mês de gestação, ela descobriu que a criança nasceria com Artrogripose, doença da qual nunca tinha ouvido falar.

Conversando com o médico, Cassandra ouviu que sua filha poderia nunca andar. Ainda na maternidade, sentiu a dor do preconceito, o que a fez sair de lá decidida a buscar o melhor para ela.

Com 6 horas de vida, Malu já fazia fisioterapia e, aos quatro meses, chegou à AACD. “Foi aí que a alegria entrou de vez em nossas vidas”, afirma a mãe.

Hoje com dois anos, a criança anda sozinha, vai à escolinha e dá seu jeitinho para fazer as coisas. Mesmo com o histórico de duas cirurgias de correção das pernas e pés e sem a articulação dos braços, ela está sempre otimista, confia que vai melhorar. Esse é o maior desejo de Cassandra, vê-la crescer feliz e independente.